Sobre

andrea-cherniogloHoje, percebo que minhas primeiras memórias do ato de desenhar, estão quando menina, no dia que meu pai me deu uma coleção de livros com lindos pássaros e isso me fez feliz, muito feliz!
Passava horas copiando, desenhando e observando cada detalhe, cada textura e cada camada da cor. Hoje, vejo que essa paz em desenhar me trouxe os primeiros lampejos do amor pela arte e pelo design. Lá pelos idos de 1993 esse desejo começou a ganhar forma e força, ao cursar Desenho de Comunicação na ETE Carlos de Campos, o “KK”, e a partir disso esse movimento nunca mais parou.

Certa vez me disseram que cada indivíduo é um movimento artístico: vejo alguns surrealistas e outros tão art noveau. E eu? As vezes, tão fauvista, renascentista, modernista, pós modernista, de vanguarda… e outras vezes, apenas rupestre.
Em 1999 pude me dedicar a um grupo de artistas independentes que mostrou o poder e o valor do trabalho colaborativo e da cocriação, tornando possível construir e transformar projetos em realidade, de inclusão artística e social para a cidade de Franco da Rocha e região. Arte sempre será minha amiga e se deixará revelar em muitos filtros no meu olhar, nos meus sonhos e na busca de realizar desejos em mergulhos mais profundos.

Minha trajetória mescla o amor por criar e a paixão do pensar estratégico, enraizando em mim uma crença: o design é profundo, é intuitivo, é funcional e transformador para este mundo. Alinha necessidades, busca traduzir sonhos e vontades em projetos que fluem em experiências únicas. Levei estas crenças para projetos da house na Parmalat do Brasil; na Future Brand BC&H; na a10 Ideias que Transformam entre outros e para clientes como Nestlé, Taeq [Grupo Pão de Açúcar], Mundial, Kibon [Unilever], Medley, Adria, Perdigão do Brasil S.A, Danone, Arcor, J&J, Lodutti entre outros.